Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogaridades

À Bolina Pela Vida... Irónico contra os ventos surumbáticos, sério contra os ventos irresponsáveis, iconoclástico contra os ventos dogmáticos, e politicamente incorrecto sejam quais forem os ventos...

Blogaridades

À Bolina Pela Vida... Irónico contra os ventos surumbáticos, sério contra os ventos irresponsáveis, iconoclástico contra os ventos dogmáticos, e politicamente incorrecto sejam quais forem os ventos...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

FUGA (SEM CANTATA)

por bolinando, em 01.03.17

Resultado de imagem para prison break

Foi divulgado pelos média que uma Ordem de Serviço emitida hoje irá definir novas regras de actuação em caso de fuga das prisões portuguesas.

A ser verdade o que transpirou para a comunicação social (e a verdade é que tudo quanto é informação confidencial transpira para os media sem ser preciso suar muito), trata-se de um documento verdadeiramente inovador e que irá resolver todas as lacunas, falhas, dores de cabeça, problemas amorosos, maus olhados e joanetes que afectam o sistema prisional português.

Parece que o primeiro passo no reforço dos procedimentos será "clarificar que o responsável por comunicar a fuga é o efectivo mais graduado que estiver, no momento da evasão, ao serviço".

Logo, em caso de fuga deverá proceder-se à formatura no pátio da prisão de todos os efectivos de serviço. Assim se poderá avaliar qual o mais graduado. Em caso de existir mais que um elemento com o mesmo posto ou graduação, alcançado no mesmo dia, o mais graduado será o mais velho. No caso de terem nascido no mesmo dia deverão desempatar através de qualquer processo credível e científico como o método de "pedra, papel e tesoura".

Como é que ainda ninguém tinha pensado nesta medida?! Começo agora a perceber a relação entre "celeridade" e "celerado"... 

O segundo passo é ainda mais inovador. Parece que "as prisões devem também passar a ter uma lista de contactos obrigatórios nestas circunstâncias, nomeadamente da PSP, GNR, SEF e PJ."

É uma medida visionária! Há que combater a tradição de apenas terem os números de telefone do "Correio da Manhã", da Pizzahut, da Televendas, e da linha do Tarot.

Fico à espera de termos conhecimento de todas as medidas decididas pela tal ordem de serviço.

Mas, pelo que já se sabe não me admiro nada que a última e decisiva medida para combater as fugas das cadeias, seja a obrigatoriedade de avisar todos os reclusos de que as fugas não serão toleradas e que todo e qualquer recuso apanhado a tentar fugir será imediatamente posto na rua!

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D