Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogaridades

À Bolina Pela Vida... Irónico contra os ventos surumbáticos, sério contra os ventos irresponsáveis, iconoclástico contra os ventos dogmáticos, e politicamente incorrecto sejam quais forem os ventos...

Blogaridades

À Bolina Pela Vida... Irónico contra os ventos surumbáticos, sério contra os ventos irresponsáveis, iconoclástico contra os ventos dogmáticos, e politicamente incorrecto sejam quais forem os ventos...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

FASCINAÇÃO...

por bolinando, em 27.02.17

 Mais de 30 anos depois da sua morte, Elis Regina permanece junto de nós através das suas fascinantes interpretações, como esta, em Lisboa, no Teatro Villaret.

Acompanhados pela sua voz podemos continuar a sonhar os sonhos mais lindos e erguer castelos de quimeras mil.

Apenas numa coisa não estou de acordo com ela, quando diz, no início, que "Um dia o sonho acaba". Não. Só acaba quando queremos deixar de sonhar. Por exemplo, o sonho dela permanece vivo na imortalidade deste tema.

E poderia dar exemplos de muitos outros sonhos que só acabam quando optamos por deixar de sonhar.

 

 

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D